11 motivos para aceitar que Itaperuna parou no tempo… só pra começar

Não precisamos ir muito longe para ver como estamos estagnados, todos acham que fazem sua parte, mas nossa cidade ainda está muito aquém de outras com o mesmo porte, ou até mesmo cidades menores. Sem falar em opções ou coisas do tipo que têm muito mais a ver com tamanho e população do que desenvolvimento propriamente dito, falo de infraestrutura e qualidade de vida.

  • Somos quase 100.000 (cem mil) habitantes há quase duas décadas (por mais que muitos não acreditem);
  • Somos carentes de praças e ambientes públicos de lazer;
  • Nosso trânsito é caótico e mal organizado;
  • A participação industrial em nossa economia é mínima;
  • Nossas propriedades rurais são basicamente latifúndios e a agricultura familiar é inexistente;
  • Nossos imóveis são altamente inflacionados, achacando comerciantes e potenciais moradores;
  • Não temos incentivo à cultura, ao empreendedorismo e para organização de eventos;
  • A concentração de riqueza é cada vez maior, em nome das mesmas pessoas, dificultando a mobilidade social ou ascensão – os empresários nunca ouviram falar em sustentabilidade e vêem os funcionários como estorvo;
  • Exportamos saúde e educação para as cidades vizinhas e colocamos para trabalhar pessoas que trabalham com politicagem, sem competência e que só querem saber deles próprios;
  • Nossa infraestrutura é precária, desde as calçadas onde tropeçamos até os buracos que rasgam nossos pneus, passando pelos esgotos vazando a céu aberto;
  • Itens básicos como saúde, segurança e educação não são acessíveis a todos como deveria ser…

Itaperuna 02 08 1977

Por que insistimos em Itaperuna?

Certamente, todos os problemas que citei acima, são de um crescimento não planejado de cidades do Interior, isso seria aceitável se não fosse o fato de nosso crescimento populacional seja irrisório perto da nossa queda de qualidade de vida. Trabalhamos o mesmo hoje para ter menos que outrora, ou então trabalhamos mais para que nos seja garantido o mesmo.

Antes que briguem e digam “os incomodados que se mudem”, ou mesmo acreditem em um teor sadomasoquista de quem vos escreve, somos movidos pela nostalgia e uma esperança (sic), de que tudo possa andar de alguma forma. Há quem diga que está melhor lá fora, ou mesmo que esteja ruim pra todo lado, mais comum ainda é sairmos para viagens curtas e constatarmos como realmente paramos no tempo.

A verdade verdadeira, como costumamos dizer é que temos uma enorme dificuldade de crescermos longe de onde estão nossas raízes, somos um povo tão interiorano quanto caseiro. Mas além dos que se aventuram a ir, precisamos muito dos que foram e se dispõem a trazer consigo mudanças, casos de sucesso ou ideias novas para serem implementadas em uma velha realidade.

Precisamos de uma maior participação popular na Economia e Política da cidade, mas que isso não fique restrito à gastar aqui suas economias ou mesmo escolher bem seu representante. Isso definitivamente não basta.

Em termos políticos, um dos grandes alicerces da democracia representativa, é que além de escolhermos nossos representantes, devemos tomar conta deles, verificar se tudo está caminhando e fazer pressão para que os interesses populares estejam sempre acima dos interesses privados. Devemos ainda nos movimentar através de organizações ou associações para estarmos cada vez mais presentes na rotina dos governantes, lembrando-os que tem alguém por trás de suas decisões.

Essa participação tende a gerar novos rumos e opções para aqueles que concentram aqui seus negócios, nenhuma cidade mal gerida consegue fazer sua economia girar e sem isso, os recursos ficarão sempre nas mãos das mesmas pessoas. Precisamos de interação para fortalecer tanto a cidade, quanto o cidadão itaperunense em prol de um futuro com mais orgulho de pertencer. Não custa nada sonhar.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s